Homem é morto a tiros em Belém do São Francisco, PE; 1º homicídio do ano

Um homem de 31 anos foi assassinado a tiros em Belém do São Francisco, no Sertão de Itaparica, na noite desta quarta-feira (11). De acordo com informações, a vítima se chamava Francisco Souza. Ele foi alvejado com vários tiros em dentro de um supermercado nas proximidades da rodoviária da cidade. A vítima morreu no local.

A vítima trabalhava no mercado quando homens armados se aproximaram em um veículo e efetuaram os disparos com arma de fogo. Imagens das câmaras de segurança podem ajudar a desvendar o crime.

Este é o primeiro homicídio registrado esse ano em Belém do São Francisco. Há meses que não acontecia nada com essa gravidade no município. As motivações para o crime ainda são desconhecidas. A Polícia Civil investiga o caso.

Bandidos assaltam Agência dos Correios na cidade de Itacuruba, no Sertão de PE

Na manhã desta quinta-feira dia (12), por volta da 10:20, bandidos assaltaram a Agência dos Correios da cidade de Itacuruba, no Sertão de Pernambuco

Segundo informações, três elementos chegaram na cidade em um veículo modelo Hillux, onde se dirigiram para a agência e anunciaram o assalto. Os bandidos não conseguiram levar dinheiro do cofre, pois o sistema de segurança estava programado.

Em seguida, eles roubaram uma importância em dinheiro não revelada que estava nas gavetas dos caixas da agência. Após a prática delituosa, os bandidos fugiram do local tomando destino ignorado. Na ação eles não efetuaram disparos de arma de fogo.

Ex-prefeito Gustavo Caribé reivindica poços artesianos e horas máquinas para construção de Barragens na zona rural


"Amigos e amigas belemitas, conforme falei em algumas oportunidades, saio do mandato, mas não saio da política! Continuarei lutando pelo meu povo e continuarei trazendo obras para o nosso município.

Hoje, estive junto com Ricardo Torres na Codevasf, onde nos encontramos com o superintendente Dr. Aurivalter, reivindicando mais poços artesianos e horas máquinas para construção de Barragens para região da Caatinga. Saímos felizes com a notícia de que logo logo chegarão em Belém do São Francisco essas benfeitorias."

(Gustavo Caribé)

Cabroboense morre após complicações em cirurgia de lipoaspiração em Petrolina

Morreu na noite desta terça-feira dia (10) na cidade de Petrolina, no Sertão pernambucano, Uilma Almeida Fontes da Silva, de 37 anos, durante uma cirurgia para a realização do procedimento de lipoaspiração.

Segundo informações do nosso parceiro do blog Didi Galvão, Uilma teve uma parada cardíaca sem que os médicos conseguissem reanimá-la.

Em nota, a família comunica a todos que Uilma Almeida Fontes da Silva, faleceu por volta das 18h desta terça-feira (10), quando seria submetida a um procedimento cirúrgico na Clínica Imaculada Conceição na cidade de Petrolina, a jovem teve parada cardíaca e veio a óbito.

O corpo de Uilma será velado em sua residência na rua Eunice Dias, Bairro Santa Rita, próximo a Igreja Católica. A família avisa que em outra nota divulgará o horário de chegada do corpo e o sepultamento. Desde já a família de Uilma agradece a todos que manifestaram solidariedade nesse momento de dor, ao tempo que mais uma vez convida a todos para o velório e sepultamento.

Secretaria de Defesa Social de PE deflagra Operação ‘Esforço Geral’ em todo o Estado

Nesta quarta-feira dia (11), a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco deflagrou através da Polícia Civil, a Operação Esforço Geral. A medida faz parte de outra operação – a Polícia nas Ruas –, dentro do Pacto Pela Vida.

Segundo a assessoria da SDS, a Operação terá o período de 24 horas, para dar cumprimento ao maior número de mandados de prisão, bem como realizar prisões em flagrante delito em todo o Estado. A operação têm o objetivo de combater crimes de homicídio, tráfico de drogas, contra o patrimônio, entre outros delitos.

Nesse prazo em que a operação vai atuar serão empregados, em todo o Estado, 792 Policiais Civis, sendo 152 delegados e 640 agentes e escrivães – todos lotados nas várias Delegacias Circunscricionais e Especializadas da PC.

Projeto obriga estados a rever regimentos da Polícia Militar e Bombeiros

Um projeto de lei para obrigar os estados a atualizar os regimentos disciplinares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros já tramita no Congresso Nacional. O autor da proposta, deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) diz que a medida pode frear punições exageradas e melhorar o trabalho das corporações. A matéria já foi aprovada na Câmara e está pronta para ser votada pelo plenário do Senado.

Segundo a Defensoria Pública do Rio de Janeiro, a legislação atual equipara a atuação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros à das Forças Armadas e acaba por punir militares de forma desproporcional em alguns casos, como de indisciplina. Especialistas em segurança pública argumentam que a atualização de marcos legais das corporações pode melhorar as condições de trabalho e atende a demandas dos agentes e da sociedade.

De acordo com a legislação, transgressões aos regimentos disciplinares podem determinar a abertura de processo por infrações ao Código Penal Militar, na Justiça Militar. O documento de 1969, que rege as relações no ambiente militar, teve origem no Ato Institucional número 5 – um dos mais duros instrumentos da ditadura militar. Os regimentos das corporações também são, em sua maioria, anteriores à Constituição de 1988 e permitem que faltas como desacato ou desobediência sejam punidas com o mesmo rigor que um homicídio culposo.

Prazo para revisão: Para atualizar os regimentos das PMs e dos Bombeiros, o projeto de lei, que tramita no Congresso, fixa prazo de 12 meses para os estados – por meio das assembleias legislativas – instituírem novos códigos de ética e disciplina para as corporações. O deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) diz que é preciso assegurar aos agentes garantias do processo legal, como o direito ao contraditório e à ampla defesa, além de acabar com a prisão disciplinar.

“Tem que atualizar tudo, inclusive a tipificação das condutas. Tem estado em que dormir em serviço dá cadeia, em outro, o regimento prevê o absurdo de a pessoa pedir [autorização à corporação] para se casar”, critica. Segundo Gonzaga, as leis atuais, especialmente as que tratam de punições disciplinares, são desproporcionais e “institucionalizam o assédio moral”.

Apesar de o projeto de lei não alterar o Código Penal Militar, apenas os regimentos, a proposta torna mais difícil a condenação de agentes militares por casos de baixo potencial ofensivo, e, na prática, pode diminuir o número de processos por indisciplina que chegam à Justiça Penal Militar, segundo Gonzaga.

“O projeto prevê que penas de prisão sejam aplicadas apenas às condutas tipificadas como crime e julgadas pela Justiça Militar. E que as condutas tipificadas como falta disciplinar sejam punidas, mas não com prisão, como acontece para quem chega atrasado, com cabelo grande, farda mal passada. A prisão deve ser reservada ao crime, de fato”, destaca.

Em Minas Gerais, onde os regimentos foram atualizados, a pena de prisão administrativa acabou em 2002. “A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais não deixaram de ser referência de instituições disciplinadas, que trabalham, e a segurança pública não piorou”, compara o parlamentar. No estado, a pena mais alta para infrações de indisciplina passou a ser a suspensão com perda de salário.

Militares apoiam reforma dos regimentos: A atualização dos regimentos disciplinares encontra respaldo nas corporações, segundo pesquisa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que ouviu 21 mil policiais. Mais de 83% querem a reforma dos documentos à luz da Constituição e uma parcela ainda maior discorda da aplicação de leis criadas para as Forças Armadas para o trabalho de policiais e bombeiros, a chamada desmilitarização.

Ex-chefe do Estado-Maior da PM fluminense, o coronel Robson Rodrigues da Silva, atualmente na reserva, diz que as leis militares – em especial os regimentos – são anacrônicos e ineficazes para reger a atuação de um policial hoje em dia. “Esse regimento é quase um espelho do regulamento do Exército, mas chegou a hora de as polícias militares serem repensadas. Essa ambiguidade, que deixa um pé em uma instituição militar e outro em uma instituição civil, acaba trazendo problemas na hora de resguardar direitos e não atende aos anseios da sociedade por uma polícia de proximidade”, analisa o militar reformado e doutorando em segurança pública na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).

Para o sociólogo Ignácio Cano, coordenador do Laboratório de Análise da Violência da Uerj e um dos mais importantes pesquisadores do tema no país, a atualização trará dignidade aos agentes. “Desmilitarizar a polícia não é tirar a arma dos policiais. É atuar para que policiais tenham direitos como qualquer cidadão, de se organizar, de revindicar direitos, de não serem tratados de forma arbitrária e autoritária e atender melhor a população”, defendeu em entrevista recente ao Canal Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Procurada para falar as regras disciplinares da corporação, a Polícia Militar do Rio de Janeiro informou que aplica o Código Penal Militar e o Regulamento Disciplinar. Já o Corpo de Bombeiros preferiu não comentar os casos e destacou que não cabe à instituição legislar sobre as normas. 

Homem morre em acidente entre carro e dois caminhões na BR-232

Um homem morreu em um acidente entre um veículo e dois caminhões na BR-232, em Bonança, Moreno, Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com a Polícia Rodoviária (PRF), a informação inicial é de que um carro tentou frear para não colidir em um caminhão que estava parado na pista e acabou sendo atingido por outro caminhão. 

Veículo terminou sendo imprensado entre dois caminhões. O motorista, que estava sozinho, não resistiu aos ferimentos e morreu.

O acidente ocorreu por volta das 9h30, nas proximidades do quilômetro 32. Equipes de socorro e investigação estão no local. 

Salgueiro paga professores e profissionais de saúde

Cumprindo o que foi comunicado no último dia 05, a Prefeitura de Salgueiro começou a pagar, a partir de hoje, as folhas que estavam pendentes dos servidores das áreas de saúde e educação.

A informação foi repassada pela diretoria de contabilidade e tesouraria da Prefeitura, e refere-se aos valores relativos aos recursos do repatriamento, provenientes do Governo Federal, que se encontravam pendentes desde o final da última gestão.

O prefeito Clebel Cordeiro, que determinou urgência para que os pagamentos fossem efetuados, disse que foi necessário, inicialmente, que a Prefeitura regularizasse a situação de suas contas com os bancos. “De nossa parte, já teríamos pago desde o último dia 2, mas foi necessário fazer a devida regularização de documentos junto à rede bancária, já que acabamos de assumir a prefeitura e essa pendência vem do final da gestão passada”, disse ele.

O prefeito lembrou que, na semana passada, foi feito um comunicado a esses servidores explicando todo esse processo de regularização das contas. “Procuramos tranquilizar a todos e garantimos que o pagamento sairia o mais breve possível, conforme estamos cumprindo na data de hoje”, finalizou.

Miguel Coelho se reúne com diretor presidente do Detran

O diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – Detran-PE, Charles Ribeiro, recebeu, hoje, em seu gabinete, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), e o presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade, Geraldo Miranda.

No encontro, Coelho solicitou a continuidade do Convênio de Cooperação Técnica entre o município e o Detran. Foi discutida também a capacitação realizada por técnicos do órgão para os agentes de trânsito da AMMPLA, com o objetivo de dar celeridade aos processos de vistoria dos veículos que já estão há mais de 90 dias no pátio da autarquia municipal.

O prefeito pediu ainda que seja levado, para Petrolina e Região do São Francisco, ações de educação para o trânsito, com foco em motocicletas. Petrolina conta com uma frota de 131.317 veículos, sendo que 51.068 são motocicletas.

Conforme destacou Ribeiro, uma das prioridades do Governo Paulo Câmara é reduzir os acidentes no Estado. “Para isso estamos trabalhando fortemente com foco na educação. Não queremos só multar e apreender veículos e carteiras, queremos salvar vidas”, afirmou.

Pastor diz que sua camisa ensaguentada cura os fiéis

Depois de ser atacado e esfaqueado no pescoço por um homem durante um culto no bairro do Brás, em São Paulo, neste domingo (8), o pastor Valdemiro Santiago afirmou que a camisa que usava no momento do ataque, que ficou ensanguentada, está sendo usada para curar fiéis.  A declaração foi feita em seu programa de televisão, que mostrou também um membro da igreja esfregando a camisa em um manto. Valdemiro afirma que levará e usará esse tecido como manto em Israel, para fins de cura.

O agressor, Jonathan Gomes Higino, estava na fila aguardando o pastor para receber uma oração e, quando este se aproximou, ele começou a esfaqueá-lo na região do pescoço. Jonathan foi contido por seguranças e preso. O pastor já recebeu alta e está em sua casa repousando.  Valdemiro Santiago recebeu pontos no pescoço e passa bem

Recuperado, Valdemiro Santiago começou a pedir ajuda aos fiéis para bancar os custos de um mês de seu canal na TV por assinatura. Em uma gravação ao lado da mulher, bispa Franciléia, ele pede que 8.000 fiéis se disponham a fazer uma doação cada um de R$ 1.000, totalizando um valor de R$ 8 milhões. 

A Rede Mundial é hoje o principal veículo de pregação do líder da Igreja Mundial. A igreja tem cerca de 4,5 mil templos no Brasil e em outros países.